IPU Formosa

Gratidão

Postado em 13 de Julho de 2018

Por Você

Senhor,

receba as minhas palavras.

Sei que sou pequeno. Mas, se a tua graça me dignificar, permita que eu me dirija a ti, para te agradecer.

No meu dia a dia eu tenho me envolvido com tantas futilidades, que eu quase não percebo mais o mundo ao meu redor.

Me esqueço de admirar a tua grandiosa criação.

Mas agora eu paro para observar, e heis que surgem perante os meus olhos tudo aquilo que sempre esteve lá.

No Sol, reconheço o teu grandioso poder, que tu bondosamente distribui sobre a Terra.

Na Lua, tua serenidade se reflete.

As estrelas longínquas me falam das perfeitas leis cósmicas, e os planetas derramam sobre mim toda a sorte de bênçãos.

Tu és a minha vida. E para me fazer viver, tu sopras o vento nas minhas narinas. Assim como derramas do céu a água preciosa.

Fico de pé sobre a rocha firme,

e até da firme rocha tu és senhor. Porque ergues as montanhas e as desmancha segundo a Tua vontade.

Enches mares e rios, e em cada canto da Terra tu povoa com tuas criaturas.

Vestes cada criatura com beleza, e concedes a cada uma um pouco da tua sabedoria.

E não há lugar para onde eu olhe, que eu não sinta a tua presença.

Não há chão onde eu pise, que eu não sinta o teu poder.

Não há irmão que eu encontre, onde não esteja presente o teu Eu Sou.

Por tudo isto eu te agradeço, e ainda mais.

Porque de pais generosos me fizestes vir ao mundo, e de irmãos carinhosos me cercastes.

Tens permitido que eu receba o pão de cada dia, e tens me vestido com beleza.

Tens me abrigado com conforto assim como tens me protegido do inimigo.

A tudo isto eu te agradeço, e ainda mais.

Porque nem sou capaz de enumerar todas as tuas dádivas.

E tanta bondade apenas me move para que eu queira ser bom também.

Permita que o poder da tua luz ilumine o meu entendimento.

Permita que a serenidade do teu ser tranquilize o meu coração.

Permita que a força do teu agir guie os meus passos.

Que a minha boca fale da tua justiça, e as minhas mãos realizem o bem.

Para que eu me torne digno de receber tanto quanto tens me dado.

Para que me torne digno de habitar em tua casa, para todo o sempre.

Amém

72 Visualizações

Menu do Ecolabore Portal